Vasco perde para o Sampaio Corrêa com gol no fim e tem acesso adiado na Série B – 28/10/2022

Vasco perde para o Sampaio Corrêa com gol no fim e tem acesso adiado na Série B – 28/10/2022

Updated: 1 month, 10 days, 14 hours, 56 minutes, 33 seconds ago

Em um jogo repleto de emoção, com direito a gol no último lance, o Sampaio Corrêa jogou um “balde de água fria” no Vasco, ao impedir que o rival conquistasse o acesso na noite desta quinta-feira, na 37ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time maranhense, que tem chances remotas de subir para a elite, venceu por 3 a 2, em pleno São Januário lotado.

Para subir ainda na rodada, o Vasco precisa torcer por um empate entre Londrina e Ituano, além de um tropeço do Sport frente ao Operário na Arena Pernambuco. Ambos os jogos serão realizados nesta sexta-feira.

O Sampaio Corrêa, por outro lado, até tem chances de subir, mas o Bahia, por exemplo, não poderá mais pontuar nos dois últimos jogos da Série B. A probabilidade é baixa, pois, além disso, necessitaria de outras combinações de resultado.

Com o resultado, o Vasco ficou na terceira posição, com 59 pontos, contra 58 do Bahia, 55 do Sampaio Corrêa, 54 do Ituano e 53 de Londrina e Sport.

O Sampaio Corrêa ainda quebrou uma invencibilidade de 22 jogos do Vasco em casa, a última derrota ocorreu diante do Vitória, na Série B de 2021. Este também foi o primeiro triunfo do time maranhense em São Januário.

O primeiro tempo foi de trocação em São Januário. Os times não se pouparam, correram muito e fizeram 45 minutos eletrizantes. O Vasco começou melhor e abriu o placar logo aos três minutos. Após jogada ensaiada em cobrança de escanteio, Figueiredo colocou a bola na cabeça de Anderson Conceição, que foi no segundo andar para mandar um torpedo de cabeça: 1 a 0.

Após abrir o marcador, o Vasco tentou definir o embate e perdeu grandes oportunidades de ampliar. Na melhor delas, Figueiredo recebeu na marca do pênalti e viu Matheus Inácio fazer um milagre para salvar o Sampaio Corrêa, que contou com um gol espírita de Pará para empatar.

Aos 17 minutos, Pará arriscou do meio da rua, pegou o goleiro Thiago Rodrigues de surpresa e deixou tudo igual. Mais tarde, o lateral tentou mais uma vez e quase fez outro. O goleiro do Vasco apareceu para salvar.

O jogo continuou com chances dos dois lados. Bem marcado, Poveda teve apenas uma oportunidade, em um cabeçada que foi nas mãos de Thiago Rodrigues. Do outro lado, o trio Eguinaldo, Figueiredo e Nenê deu trabalho para Matheus Inácio, um dos destaques da partida.

No segundo tempo, o jogo começou lento, com o Vasco buscando o gol. O time carioca dominava, até que apareceu artilheiro da Série B. Ygor Catatau dividiu com Thiago Rodrigues e viu a bola sobrar para Poveda. O atacante mandou para o fundo das redes.

O Vasco ficou desesperado, a torcida começou a pressionar, tudo parecia que o Sampaio venceria fácil, mas o jogo terminou com muita emoção. Aos 51 minutos, Edimar cruzou e Andrey Santos foi no segundo andar para empatar.

O clima mudou, o Vasco se motivou e foi para cima do Sampaio, mas quis o destino que tudo mudasse novamente. Aos 55 minutos, a bola foi alçada para dentro da área vascaína. Joécio apareceu como elemento surpresa e testou firme para o gol, no último lance, para confirmar o triunfo do time maranhense.

O Vasco se despede da Série B frente ao Ituano, neste domingo, às 18h30, no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP). No mesmo dia e horário, o Sampaio Corrêa encara o Londrina, no Castelão, em São Luís (MA).

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 2 SAMPAIO CORRÊA

VASCO – Thiago Rodrigues; Léo Matos (Gabriel Pec), Danilo Boza, Anderson Conceição e Edimar; Andrey Santos, Palacios (Yuri Lara) e Nenê (Alex Teixeira); Marlon Gomes (Bruno Tubarão), Figueiredo e Eguinaldo (Fábio Gomes). Técnico: Jorginho.

SAMPAIO CORRÊA – Matheus Inácio (Matheus Poletine); Mateusinho (Pedro Carrerete), Allan, Joécio e Pará; Ferreira, André Luiz (Léo Tocantins) e Eloir (Lucas Araújo); Rafael Vila (Warley), Gabriel Poveda e Ygor Catatau. Técnico: Léo Condé.

GOLS – Anderson Conceição, aos três, e Pará, aos 17 minutos do primeiro tempo. Poveda, aos 21 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

CARTÕES AMARELOS – Bruno Tubarão, Edimar e Quintero (Vasco); Ferreira, Joécio e Rafael Vila (Sampaio Corrêa)

RENDA – R$ 670.036,00.

PÚBLICO – 19.499 pagantes.

LOCAL – Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Compartilhe isso:

Twitter

Facebook