Em jogo de poucas chances, Uruguai e Coreia do Sul ficam no empate sem gols em estreia da Copa do Mundo

Em jogo de poucas chances, Uruguai e Coreia do Sul ficam no empate sem gols em estreia da Copa do Mundo

Updated: 5 days, 13 hours, 31 minutes, 44 seconds ago

admin3i admin3 - https://istoe.com.br/author/admin3/

24/11/2022 - 11:55

Compartilhe

Uruguai e Coreia do Sul fizeram estreias mais “apagadas” na Copa do Mundo do Qatar. Em um jogo de poucas chances e ainda menos emoções, as duas seleções ficaram apenas no empate sem gols na primeira rodada do Grupo H. Com um ponto para cada lado, as duas equipes assumem a primeira e segunda colocação na chave de maneira provisória, já que Portugal e Gana se enfrentam às 13h (de Brasília).

GOLEIROS NO MODO “NÃO PERTURBE”

Os primeiros 20 minutos de jogo foram sonolentos. Apesar de não ter sido apresentada como uma partida “chata”, já que a velocidade, intensidade e raça compuseram um cartão de visitas favorável aos dois times, nenhuma chance clara foi criada. Rochet, goleiro do Uruguai, e Kim Seung-Gyu, arqueiro sul-coreano, não viram a cor da bola e poderiam até aproveitar um café ao lado das traves… Faltou inspiração e sair das “grades” do meio-campo.

FICOU NO “QUASE”

A Coreia do Sul ficou mais com a bola durante a primeira etapa. Com mais posse e com uma certa rapidez, buscou criar mais chances que os uruguaios e quase teve o esforço recompensado já aos 33 minutos. Kim Moon-Hwan cruzou na medida para Hwang Ui-Jo, que apareceu livre na pequena área e bateu de primeira, mandando por cima do gol e desperdiçando a melhor oportunidade da partida até ali.

RESPONDENDO NA BOLA

A escalação de Diego Godín como titular na primeira partida do Uruguai na Copa do Qatar gerou polêmica entre os torcedores da Celeste, que acreditam que o jogador seja muito “velho” para partidas rápidas assim. Mas o “velho”, como disseram, teve a chance de responder na bola. Aos 42′, Valverde cobrou escanteio no meio da área, e o capitão subiu bem para cabecear no cantinho inferior, mas a trave impediu que a experiência surtisse efeito. Nada mais aconteceu e as equipes foram para o vestiário com o 0 a 0 no placar.

Uruguai e Coreia do Sul ficaram no empate no primeiro tempo (Foto: EFE/ Rodrigo Jiménez)

A PERNA PESA

A seleção sul-coreana até tentou imprimir o mesmo ritmo acelerado do primeiro tempo, mas o cansaço começou a ficar evidente. A melhor chance dos comandados de Paulo Bento, até os 15 minutos, aconteceu após uma cobrança de escanteio de Son. A bola foi desviada na área e ficou viva, mas Rochet saiu com um soco para afastar a bola antes da chegada de Kim Jin-Su.

NEM O DOCE DE LEITE URUGUAIO DAVA JEITO…

Considerada a grande favorita no confronto, a seleção celeste pecou em pontos importantes. Além de não ter tido criatividade para balançar as estruturas sul-coreanas, as finalizações também não levaram nenhum perigo ao gol adversário. Cavani, que entrou no lugar do Suárez, Darwin Núñez e Valverde, que acertou uma bola na trave, até tentaram na segunda metade da etapa final, mas o jogo estava mesmo se encaminhando para o 0 a 0, um resultado justo pelo futebol apresentado pelos times.

Empate prevaleceu no marcador na primeira rodada do Grupo H (Foto: EFE/EPA/Ronald Wittek)

E AGORA?
O Uruguai volta a entrar em campo já na próxima segunda-feira, às 16h (de Brasília), diante de Portugal. A Coreia do Sul joga no mesmo dia, mais cedo, às 10h, contra a seleção de Gana. Ambos os duelos serão válidos pela segunda rodada do Grupo H da Copa do Qatar.

FICHA TÉCNICA
URUGUAI 0 x 0 COREIA DO SUL

Local: Education City Stadium, em Doha, no Qatar (QAT)
Data e hora: 24/11/2022, às 10h (de Brasília)
Árbitro: Clément Turpin (FRA)
Assistentes: Nicolas Danos (FRA) e Cyril Gringore (FRA)
VAR: Jerome Brisard (FRA)
Cartão amarelo: Cáceres (URU) e Paulo Bento (COR)

URUGUAI: Rochet; Olivera (Viña, aos 33’/2°T), Giménez, Godín e Cáceres; Betancur, Valverde e Vecino (De la Cruz, aos 33’/2°T); Pellistri (Varela, aos 42’/2°T), Darwin Núñez e Luis Suárez (Cavani, aos 18’/2°T). Técnico: Diego Alonso.

COREIA DO SUL: Kim Seung-gyu; Kim Moon-hwan, Kim Young-gwon, Kim Min-jae, Kim Jin-su; Jung Woo-Young, Hwang In-beom, Lee Jae-sung (Son Jun-Ho, aos 28’/2°T); Na Sang-ho (Lee Kang-In, aos 28’/2°T), Son Heung-min, Hwang Ui-jo (Cho Gue-Sung, aos 28’/2°T). Técnico: Paulo Bento.


Siga a Istoé no Google News e receba alertas sobre as principais notícias