CSA faz aos 29 segundos, bate Ponte e acirra luta contra rebaixamento na Série B – 20/10/2022

CSA faz aos 29 segundos, bate Ponte e acirra luta contra rebaixamento na Série B – 20/10/2022

Updated: 1 month, 17 days, 12 hours, 9 minutes, 43 seconds ago

O CSA acirrou ainda mais a briga contra o rebaixamento ao derrotar a Ponte Preta por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os dois gols do duelo foram marcados por Rodrigo Rodrigues, o primeiro com apenas 29 segundos.

O time alagoano quebrou uma sequência de quatro jogos sem vitória e chegou aos 39 pontos, na 17ª colocação. A Chapecoense (16ª) também tem 39, mas leva a melhor no número de vitórias: 9 a 8. O CSA não vencia fora de casa há três meses. Este é o primeiro triunfo dentro do Moisés Lucarelli. Já a Ponte Preta ficou no 12º lugar, com 45, sem mais possibilidade de ser rebaixada.

Nem o mais otimista torcedor do CSA esperava uma partida tão nas mãos do clube alagoano do que este. Os comandados de Adriano Rodrigues dominaram do início ao fim e praticamente não correram risco diante de uma Ponte Preta passiva, acomodada com sua situação na tabela de classificação.

O CSA abriu o caminho para a vitória com apenas 29 segundos de bola rolando. Osvaldo partiu em velocidade pela esquerda e cruzou na medida para Rodrigo Rodrigues. Ele deu um peixinho para colocar a bola no fundo das redes.

A Ponte Preta respondeu logo na sequência com Echaporã. O atacante mandou rente à trave de Marcelo Carné. A melhor chance do time campineiro, no entanto, foi aos 12. Felipe Amaral recebeu de Elvis dentro da área. Sozinho, jogou para fora.

Com o passar do tempo, o CSA foi gostando da partida e ampliou aos 43 minutos. Lourenço deu ótimo passe para Rodrigo Rodrigues, que tocou por cobertura na saída de Caíque França para fazer 2 a 0.

No segundo tempo, o CSA começou a administrar a vantagem e viu a situação melhorar ainda mais aos 14 minutos, quando Léo Naldi deu um carrinho em Lourenço, que sairia na cara do gol, e acabou expulso. O VAR ainda pediu que o lance fosse analisado, mas o árbitro manteve a decisão de campo.

Com um a mais, o CSA controlou ainda mais as ações e chegou a desperdiçar uma grande oportunidade aos 22 minutos. Rodrigo Rodrigues foi lançado em velocidade e chutou rasteiro. Caíque França salvou. Sem muito ímpeto, a Ponte Preta ainda ameaçou com Ribamar, mas nada que pudesse mudar a história do jogo.

O CSA volta a campo na terça-feira (25), às 21h30, frente ao Vila Nova, no Rei Pelé (AL). Na sexta-feira (28), às 21h30, a Ponte Preta recebe o Criciúma no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 X 2 CSA

PONTE PRETA – Caíque França; Norberto (Igor Formiga), Mateus Silva, Fábio Sanches e Artur; Léo Naldi, Felipe Amaral (Wesley Fraga), Wallisson (Leandro Barcia) e Elvis; Echaporã (Cássio Gabriel) e Ribamar (Eliel). Técnico: Hélio dos Anjos.

CSA – Marcelo Carné; Éverton Silva, Douglas Nascimento, Lucão e Diego Renan; Geovane (William), Yann Rolim (Ferreira) e Gabriel (Gabriel Tonini); Osvaldo (Luiz Henrique), Rodrigo Rodrigues e Lourenço (Felipe Augusto). Técnico: Adriano Rodrigues

GOLS – Rodrigo Rodrigues, aos 29 segundos e aos 43 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Diego Pombo Lopez (BA).

CARTÕES AMARELOS – Arthur, Cássio Gabriel, Echaporã, Igor Formiga, Mateus Silva e Norberto (Ponte Preta); Felipe Augusto e Gabriel (CSA).

CARTÃO VERMELHO – Léo Naldi (Ponte Preta).

RENDA – R$ 24.505,00.

PÚBLICO – 1.970 pagantes.

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Compartilhe isso:

Twitter

Facebook