«Conheça Ramos»: CNN Internacional rendida ao avançado e à academia do Benfica (Portugal)

«Conheça Ramos»: CNN Internacional rendida ao avançado e à academia do Benfica (Portugal)

Updated: 2 months, 3 days, 2 hours, 34 minutes, 0 seconds ago

O ‘hat trick’ protagonizado na noite de terça-feira diante da Suíça, na goleada de Portugal (6-1) nos oitavos de final do Mundial do Catar, colocou o avançado benfiquista Gonçalo Ramos, nascido há 21 anos em Olhão, nas bocas do Mundo de tal forma que até em Atlanta (Geórgia, Estados Unidos) a CNN Internacional se debruçou sobre o avançado, o ‘homem de quem se fala’ enquanto decorre a maior prova de seleções da FIFA.


«Gonçalo Ramos: conheça o avançado que substituiu Cristiano Ronaldo e escreveu história no Mundial no Catar 2022», é o título do longo artigo de Ben Morse na edição internacional da cadeia de televisão norte-americana para satisfazer a curiosidade que, um pouco pelas partidas do mundo, o estupendo desempenho do ponta-de-lança da Seleção diante dos helvéticos despertou nas mais variadas latitudes, e em especial nos fãs norte-americanos do ‘soccer’.


«Falemos, então, de excelência sob pressão e deixar uma impressão no Catar-2022: Gonçalo Ramos, de Portugal, é um dos que, por certo, aproveitou a ocasião. Jogando no lugar habitual no onze do melhor marcador da história por uma seleção, Cristiano Ronaldo, Ramos protagonizou diante da Suíça, nos 6-2 de Portugal no Estádio Lusail, na terça-feira, um ‘hat trick’ clínico, a garantir a sua titularidade no próximo jogo, nos quartos de final», realça a CNN.


«Não só foi a primeira vez que Ramos foi titular no Mundial do Catar: o seu desempenho no jogo dos oitavos de final e os três golos deixam Ronaldo na sombra. Ronaldo nunca marcou em jogos da fase a eliminar de um Mundial, apesar de já ser o quinto em que marca presença e marca golos», recorda a peça.


«Então, quem é este avançado de 21 anos alcunhado de ‘Pistoleiro’ pelos adeptos? Ramos é um produto da famosa Academia do Benfica, o Benfica Campus, que ajudou a lançar a carreira, também, de alguns dos mais famosos companheiros de equipa de Ramos na Seleção de Portugal, como João Félix e Rúben Dias», é a certeira referência da cadeia norte-americana.


«Na academia [do Benfica], cerca de 95 jogadores vivem e residem em permanência. E quando transitam dos sub-18 para os sub-19, os jogadores mudam-se daquelas instalações, onde pernoitavam, para apartamentos na cidade de Lisboa», recorda a cadeia televisiva, rendida à qualidade da ‘cantera’ encarnada.


«Isso porque, na nossa opinião, é nessa idade que começam a ter as suas próprias vidas», é a explicação de Rodrigo Magalhães, coordenador técnico do Benfica Campus, à CNN. «Alguns deles arranjam namoradas por essa altura, outros dividem-se por dois ou três por apartamento. Mas começam uma vida fora da Academia Benfica Campus, ao mesmo tempo que o clube precisa que se preparem para as suas vidas. Sabemos que apenas uma pequena percentagem de jogadores vão atingir o objetivo de chegar à equipa principal ou nas principais ligas da Europa», acrescentou Rodrigo Magalhães à CNN.


«Após essas idades, dos sub-19 aos sub-23, por normal todos os nossos jogadores que evoluem [desde a Academia Benfica Campus, no Seixal] podem jogar na Liga 2 ou na Liga, não só em Portugal como noutros países. Mas temos de os preparar para a vida, caso o futebol falhe», realça o responsável das águias.


«O primeiro objetivo é, sempre, fazê-los evoluir como seres humanos. E temos de os preparar bem, com um desenvolvimento escolar e letivo, também», finalizou Rodrigo Magalhães, em artigo cuja projeção internacional poderá catapultar muito mais o Benfica do que qualquer campanha de marketing mundial ou campanha publicitária a prestigiar o clube.

«Ramos juntou-se à Academia Benfica Campus em 2013, juntam-se a uma jovem equipa com muitas estrelas no seu clube [Benfica] e na equipa nacional. Venceu o Campeonato Nacional com os sub-15 [iniciados] e sub-17 [juvenis], terminando ainda entre os melhores marcadores de um Europeu de sub-19 em que Portugal foi segundo classificado, atrás de Espanha», é o historial recordado.


In a display of what was to come from Ramos, he eventually made his first-team debut for Benfica in July 2020, marking the occasion with two goals.


Despite the early promise, it hasn’t been until this season that people have routinely become accustomed to seeing the name Gonçalo Ramos on the scoresheet for Benfica.


Following Darwin Núñez’s transfer to Liverpool from the Portuguese club in the summer, Ramos has scored 14 goals in 21 matches so far this season in an impressive first half to the campaign for the Lisbon club.


Benfica tops the Portuguese league table and is safely into the round of 16 stage of the Champions League having topped a group which included Paris Saint-Germain and Juventus. Benfica will play Club Brugge in the round of 16.


Ramos’ work ethic is something which has also endeared him to teammates and fans.


“Of Goncalo I like two things. He’s a goalscorer. He has an incredible intuition. On top of that, he’s a great fighter. Never gives up!” Ramos’ Benfica teammate Grimaldo told Marca.


«A celebração tradicional de Ramos, onde ele, através de mímica, imita duas pistolas a disparar enquanto corre para a bandeirola de canto, valeu-lhe a alcunha de ‘Pistoleiro’. E tem estado de pontaria afinada esta época. Em novembro, as exibições de Ramos pelo Benfica valeram-lhe a chamada, por Fernando Santos, à Seleção para o Mundial, apesar de nunca por ela ter jogado anteriormente. A estreia a titular sucedeu-se a alguns minutos em campo na goleada de 4-0 à Nigéria alguns dias antes de ir para o Catar com Portugal», lembra a CNN.


«E, como tantas vezes já fizera ao longo da carreira, Gonçalo Ramos [que entrou ao intervalo ante os nigerianos] encontrou o caminho das redes ante a Nigéria, mesmo nessa breve aparição», salientam os atónitos norte-americanos: marcou um golo à Nigéria.


«Todavia, e com um herói nacional a jogar na sua posição [Cristiano Ronaldo], as aparições de Ramos nos jogos da Seleção foram limitadas até terça-feira, tendo jogado anteriormente um total de dez minutos, como suplente utilizado, em dois dos três jogos de Portugal no Grupo H, no Catar», lembram.



«Após a goleada à Suíça, Ramos foi questionado pelos jornalistas quanto a quem eram os seus modelos de avançados, tendo mencionado Robert Lewandowski [Polónia] e Zlatan Ibrahimovic [Suécia], mas um terceiro nome foi referenciado. ‘Cristiano Ronaldo é um deles’», acrescentou de pronto.


«Após o encontro, Ramos admitiu que até a convocatória para a Seleção o surpreendeu. ‘Nem nos meus melhores sonhos pensava ser titular na fase a eliminar no Mundial por Portugal’, afirmou então. Ele retribuiu a confiança de [Fernando] Santos da melhor maneira, com um pé esquerdo poderoso, como se viu no primeiro golo de Portugal, apesar de ser considerado o seu pé mais fraco, a desferir remate que passou como bala pelo guardião suíço Yann Sommer logo aos 17 minutos», relata a CNN.


«No segundo tempo, emendou para o 3-0 e depois desviou, com um toque subtil, sobre Sommer para o ‘hat trick’, antes de ser substituído para aplauso geral a 15 minutos do fim. Os três golos tornam ramos o primeiro jogador a conseguir um ‘hat trick’ no seu primeiro jogo a titular num Mundial desde que Miroslav Klose [Alemanha] o fizera diante da Arábia Saudita, na Coreia do Sul/Japão-2002», realçam.


A manchete de A BOLA é referida. «Uns chamam-lhe ‘demolidor’, outros dizem que ‘fez história’: Ramos teve esta quarta-feira a imprensa de Portugal a render-lhe homenagem. Até Otávio, rival de clube, pois joga no FC Porto, lhe estendeu a passadeira: ‘Foi ótimo que tivesse marcado uma data de golos para nós. Talvez assim deixe o Benfica’, disse a sorrir».


E, concluem em Atlanta, «o ‘hat trick de Ramos criou um dilema a [Fernando] Santos: será que vai apresentar o avançado do Benfica de novo titular diante de Marrocos, sábado, no jogo dos quartos de final do Mundial, ou escolhe de novo Ronaldo?».


«Uma coisa é certa: a exibição de Ramos diante da Suíça vai fazer disparar o valor de mercado do avançado do Benfica numa futura transferência», terminam de Atlanta.


Esta quarta-feira, o site especializado TransfeMarkt.com avalizava o avançado de 21 anos, do Benfica e da Seleção, em €24 M. Com contrato com o Benfica válido até 30 de junho de 2026 – mais três épocas e meia –, é bom recordar a catadupa inflacionada de eventuais interessados no mercado após a magistral exibição de Gonçalo, que a cláusula de rescisão no contrato com as águias é de €120 M.