Com segundo tempo eletrizante, Portugal vence Gana por 3 a 2

Com segundo tempo eletrizante, Portugal vence Gana por 3 a 2

Updated: 5 days, 8 hours, 25 minutes, 42 seconds ago

Com gols de Cristiano Ronaldo, João Felix e Rafael Leão, Portugal vence Gana por 3 a 2 no fechamento da primeira rodada do grupo H da Copa do Mundo nesta quinta-feira (24).

Em segundo tempo animadíssimo, com todos os gols marcados na etapa complementar, os portugueses, apesar da diferença mínima no marcador, foram melhores não sofreram muitos sustos ao longo da partida.

A “besta enjaulada” Cristiano Ronaldo entrou na história ao se tornar o primeiro atleta a marcar gols em cinco edições de copa do mundo.

Com os resultados, Portugal lidera o grupo H com três pontos. Uruguai e Coreia do Sul, que empataram por 0 a 0 nesta quinta, somam um ponto, mas os celestes ficam na frente nos critérios de desempate. Os ganeses, sem somar pontos, seguram a lanterna.

o jogo

Durante os primeiros 45 minutos, Portugal protagonizou um teste de paciência, para tentar furar o ferrolho ganês montado pelo treinador Otto Addo.

Ao todo foram sete finalizações, com 62% de posse de bola para os portugueses, contra apenas 28% para os ganeses, que não finalizaram nenhuma vez na primeira etapa.

Gana tentava, sem sucesso, fazer as transições ofensivas abusando de lançamentos, mas os dois atacantes, Andre Ayew e Iñaki Williams, passaram boa parte do jogo isolados, sem serem servidos.

A melhor chance do primeiro tempo veio dele: Cristiano Ronaldo. Aos 30 minutos, disputou a bola com o zagueiro, ganhou a disputa, girou o corpo e fez o gol. Mas o árbitro Ismail Elfath viu falta do português, e invalidou o gol, para muitas reclamações dos patrícios.

Ao irem para o vestiário, a impressão que ficou era de que Portugal, se mantivesse a mesma intensidade, conseguiria abrir o marcador com certa facilidade.

Na etapa complementar, no entanto, Gana voltou melhor, e aos nove minutos, enfim, teve sua primeira chance, com Kudus batendo com perigo rente à trave.

E justamente quando as duas seleções igualavam forças, veio o lance mais polêmico da partida. Cristiano ao disputar bola com Salisu, caiu na área e o árbitro enxergou pênalti, em decisão, no mínimo, contestável.

Na marca da cal, não deu outra. Gol português, e CR7 entrando na história como o primeiro jogador a marcar em cinco Copas do Mundo.

Minutos depois, em vacilo da defesa de Portugal, Kudus conseguiu encontrar Ayew na área para empatar o jogo. No estádio, explosão da numerosa torcida ganesa, em um belo momento nessa Copa.

O gol do adversário foi o grande divisor de águas da partida. Com o tropeço momentâneo, o treinador Fernando Santos trouxe do banco Rafael Leão, estrela do Milan, que colocou fogo no jogo.

Aos 33 minutos, João Felix recebeu bom cruzamento e finalizou na saída do goleiro, para colocar os portugueses na dianteira. Dois minutos depois, foi a vez de Rafael Leão, também receber bola, agora no lado esquerdo, e finalizar com categoria. 3 a 1, resultado final, certo? Errado!

Irredutível em aceitar o revés, Gana diminuiu com Bukari, pouco antes dos acréscimos. Portugal, nos acréscimos, implorava pelo apito final, enquanto segurava os avanços dos rivais.

No último lance da partida, o goleiro português Diogo Costa quase fez os 10 milhões de portugueses saltarem o coração pela boca, quando soltou a bola para bater o tiro de meta, mas não percebeu o atacante ganês atrás dele, que por pouco não fez o gol.

Por fim, alívio português, e estreia com pé direito. Do lado de Gana, uma atuação corajosa, que mantém esperanças de uma classificação.

Iniciando seu quinto mundial consecutivo com a seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo se emocionou durante a execução do hino nacional do seu país.

Vivendo talvez a pior fase da carreira, vindo de um péssimo início de temporada, e uma saída conturbada do Manchester United, confirmada nesta semana, o camisa sete, apesar de tudo isso, mostra porque segue sendo a principal referência técnica de seu país.

Ficha técnica

Portugal x Gana

Local: Stadium 974, Doha, Catar

Data e hora: quinta-feira (24), às 13h (de Brasília)

Árbitro: Ismail Elfath (USA)

Assistentes: Kyle Atkins (USA) e Corey Parker (USA)

VAR: Armando Villarreal (USA)

Gols: Cristiano Ronaldo, João Félix e Rafael Leão (POR) e Andre Ayew e Osman Bukari (GHA)

Portugal

Diogo Costa; João Cancelo, Rúben Dias, Raphaël Guerreiro, Danilo Pereira; Ruben Neves (Rafael Leao), Bruno Fernandes, Otávio (William); Bernardo Silva (João Palhinha), Cristiano Ronaldo (Gonçalo Ramos), João Felix (João Mario).

Técnico: Fernando Santos

Gana

Lawrence Ati-Zigi; Alexander Djiku , Alidu Seidu, Daniel Amartey,Mohammed Salisu Abdul-Rahman Baba; Salis Abdul Samed, Thomas Partey, Mohammed Kudus; Andre Ayew, Inaki Williams.

Técnico: Otto Addo