Black Friday combina clima de Copa e fim de ano

Black Friday combina clima de Copa e fim de ano

Updated: 4 days, 22 hours, 37 minutes, 28 seconds ago

Nesta sexta-feira (25/11), acontece a Black Friday, mega liquidação ansiosamente aguardada por empresas e consumidores todos os anos. Em 2022, pela primeira vez, a data será acompanhada pela Copa do Mundo no Qatar e bem próxima às festas de final de ano (Natal e Ano Novo). Mas, em meio à corrida pelos descontos, é necessário o cuidado com os super descontos, principalmente ao usar o Pix. Também é preciso estar atento aos riscos de golpes.

Diante desta “combinação perfeita”, os comerciantes projetam bons lucros, enquanto os consumidores que se movimentarão nessa onda de compras esperam bons descontos.

Com a euforia da Copa do Mundo, já considerando o 13° salário – primeira parcela paga em 30 de novembro – os consumidores podem facilmente cair em golpes devido à gama de formas de pagamento. Além dos cartões de crédito, boleto e débito, o Pix deve ser uma alternativa nas compras on-line e físicas.

Um terço

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) projeta que a Copa do Mundo deve representar um terço das vendas previstas para este ano, um total de R$ 4,2 bilhões. A expectativa é de aquecimento do setor de eletroeletrônicos e a venda de televisões de alta tecnologia. 

Como a Black Friday é tão aguardada, a tendência é que ocorra uma corrida às compras nesta sexta.

Enquanto os consumidores querem mais descontos pagando à vista, os varejistas querem fugir das taxas das maquininhas de cartões. De acordo com pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), cerca de 70% dos brasileiros pagam suas compras utilizando o Pix.

“Os varejistas podem tanto no online quanto no físico repassar descontos por meio do Pix, e essa é apenas uma das possibilidades existentes dentro deste campo, voltadas para as datas importantes que acontecem neste fim de ano. O Pix pode ser o grande protagonista das vendas em 2022”, conta Rogério Albuquerque, head de produtos da Card, empresa de meios de pagamento.

“O Pix é hoje uma das principais alternativas de pagamento do comércio físico ou online. O presente e futuro dos varejistas está diretamente ligado à adoção deste sistema que é amplamente utilizado pelo consumidor brasileiro para realizar suas compras”, comenta Rogério Albuquerque.

Riscos

Por seu lado, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) também emitiu uma nota alertando para os riscos de sites maliciosos. “Nunca clique em links, e digite você mesmo o endereço da loja no navegador de internet. Fraudadores costumam clonar páginas conhecidas, usam links falsos patrocinados para ganhar visibilidade nos resultados de buscas”, alerta Adriano Volpini, diretor do Comitê de Prevenção a Fraudes da Febraban.

“Os bandidos usam a tática da urgência nos consumidores, dizem que há uma grande oportunidade de compra com valor muito vantajoso e pedem que o pagamento seja feito naquele momento para que o cliente não perca o produto. Sempre desconfie deste tipo de abordagem”, completou Volpini.

Dicas para fazer compras seguras na Black Friday:

Digite você mesmo o endereço da loja online no navegador de internet. Dê 

preferência aos sites conhecidos para as compras;

Pesquise a reputação de sites não conhecidos antes de comprar e sempre leia 

os comentários de clientes que já utilizam as plataformas

Nunca clique em links recebidos em e-mails, mensagens de WhatsApp e pelo SMS.

Fique atento ao e-mail do remetente. Empresas de grande porte não utilizam contas privadas como @gmail, @hotmail ou @terra e entidades públicas sempre usam @gov.br ou @org.br;

Desconfie das promoções cujos preços sejam muito menores que o valor real do produto. Pesquise a média de preços em vários sites conhecidos;

Sempre desconfie de empresas que pedem pagamentos antecipados e prometem entregas em prazos longos. Verifique com atenção as formas de pagamento oferecidas pelo e-commerce e

desconfie quando existem poucas opções;

Dê preferência para usar os cartões virtuais para fazer suas compras online;

Se for pagar com Pix, sempre faça o pagamento dentro do ambiente da loja virtual. Quando o varejista fornecer o código QR Code, confira com atenção todos os dados do pagamento;

Se for pagar a compra com boleto, confira quem é a empresa beneficiária que aparece no momento do pagamento do boleto;

Se for fazer uma compra presencial, sempre confira o valor na maquininha de cartão antes de digitar a sua senha. Também sempre verifique se o cartão devolvido é realmente o seu; 

Nunca use um computador público ou de um estranho para efetuar compras ou

coloque seus dados bancários. 

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.