Antevisão: As contas (de ajuste e apuramento) dos dragões em Bruges

Antevisão: As contas (de ajuste e apuramento) dos dragões em Bruges

Updated: 1 month, 12 days, 20 hours, 20 minutes, 17 seconds ago

O FC Porto, ‘abalado’ mentalmente, e também fisicamente (jogou mais de uma hora com menos uma unidade), pelo desaire caseiro no clássico com o Benfica, joga hoje na Bélgica para defrontar um Club Brugge já apurado.

O emblema português tem ‘contas a ajustar’, depois da surpreendente goleada sofrida no Dragão (4-0) no primeiro embate,nesta quinta jornada da Liga dos Campeões.

Apesar dos dois desaires no arranque do grupo, chega à quinta jornada com possibilidades reais de novamente seguir para os ‘oitavos’. Para isso, o FC Porto tem de vencer o campeão belga e esperar que Atlético Madrid, de João Félix, seja ‘barrado’ pelos germânicos do Bayer Leverkusen, na capital espanhola.

Mesmo com o pior cenário, a derrota, os campeões nacionais vão continuar na luta pelo apuramento, com tudo a ficar decidido na última jornada, na receção ao Atlético Madrid, cenário idêntico ao da última época, em que a equipa de Diego Simeone surgiu vitoriosa.

Dragões sem Pepe e João Mário

No último treino realizado antes da partida para a Bélgica, Sérgio Conceição continuou sem contar com Pepe. O central português é ausência certa para o duelo, ficando de fora dos 24 convocados portistas.

Apesar de ter o restante plantel à disposição, o FC Porto também não vai poder jogar com João Mário. O lateral portista vai cumprir um jogo de suspensão por já ter uma sequência de três cartões amarelos, o que pode levar a que - tal como no clássico - Pepê seja chamado ao onze para a posição ou até mesmo Rodrigo Conceição.

O central e o lateral-direito falharam mesmo o treino matinal de ontem do FC Porto, no Olival, em que Pepe fez tratamento, tendo João Mário cumprido trabalho específico com Wilson Manafá, João Marcelo e Fernando Andrade, trio que não está inscrito para a Liga dos Campeões.

Os jovens Bernardo Folha e Gonçalo Borges também foram integrados na comitiva dos dragões.

O Club Brugge e o Union Saint-Gilloise, adversário do SC Braga na Liga Europa, empataram a dois golos no passado fim de semana, no jogo que opôs as duas equipas para a Liga belga de futebol.

A goleada de setembro ainda ecoa no Dragão

Os dragões chegam a esta quinta jornada depois da pesada derrota por 4-0 no Estádio do Dragão, resultado que impulsionou o ataque ao carro em que seguia a família do treinador Sérgio Conceição.

FC Porto e Club Brugge, de resto, já se haviam encontrado numa fase de grupos da Liga dos Campeões. Em 2016/17, os azuis e brancos alcançaram duas vitórias pela margem mínima (1-2 e 1-0) a caminho dos oitavos de final: André Silva decidiu o desafio na Bélgica nos descontos, ao completar uma reviravolta iniciada por Miguel Layún, face ao golo madrugador de Jelle Vossen, tendo sido também talismã no Dragão para a equipa então orientada por Nuno Espírito Santo.

O histórico positivo frente ao Club Brugge já tinha arrancado com o êxito na segunda ronda da então denominada Taça UEFA de 1972/73, construído a partir do triunfo do FC Porto nas Antas (3-0), logo antes de uma derrota tangencial (2-3) na região da Flandres.

O que dizem os treinadores e jogadores

O treinador do Club Brugge, Carl Hoefkens, disse que espera um FC Porto “obrigado a ganhar” no jogo desta quarta-feira. O antigo defesa belga Carl Hoefkens, de 44 anos, que admitiu gostar da forma do FC Porto jogar, anteviu um jogo com “muita emoção e muitos duelos” e que o Club Brugge vai ter que ter “calma e ser paciente” quando tiver a posse da bola.

Já Sérgio Conceição disse que o FC Porto precisa de outra postura face à goleada caseira sofrida com o Club Brugge (0-4), acautelou hoje o treinador Sérgio Conceição, na véspera de reencontrar os belgas, na quinta jornada da Liga dos Campeões de futebol.

“Sem dúvida alguma, cabe-nos fazer um jogo diferente do que fizemos no Dragão. Acho que não foi tudo só por mérito do adversário, mas também por demérito nosso. Estamos mais do que avisados sobre aquilo que temos de fazer e de aproveitar em relação a uma equipa muito interessante”, definiu o técnico dos ‘dragões’, em conferência de imprensa.