Alexi Lalas defende Brasil contra Roy Keane

Alexi Lalas defende Brasil contra Roy Keane

Updated: 2 months, 3 days, 2 hours, 15 minutes, 18 seconds ago

Alexi Lalas defende Brasil contra Roy Keane. A saber, após a goleada brasileira por 4 x 1 contra Coréia do Sul, a lenda do Manchester United, Roy Keane, criticou as dancinhas brasileiras durante a partida. O que não se esperava é que outra lenda, no caso da Seleção Americana, Alexi Lalas respondesse seu comentário. O defensor que marcou uma geração nos Estados Unidos saiu em defesa do Brasil e a resposta repercutiu. Confira detalhes.

Alexi Lalas defende Brasil contra Roy Keane

“É como assistir ‘Strictly (Come Dancing). Não acredito no que estou vendo. Acho que é um desrespeito ao adversário. São quatro (gols), e eles estão fazendo isso o tempo todo. Não me importo com o primeiro tipo de dança ou o que quer que eles estejam fazendo, mas eles ainda estão fazendo depois disso, e depois o técnico se envolvendo com isso… Não estou feliz com isso, não acho nada bom.”

Estas foram as palavras de Roy Keane que não gostou da atitude dos brasileiros. No entanto, o mundo respondeu aos seus comentários. Inclusive membros da Seleção Brasileira falaram sobre, decerto, de forma mais neutra.

“A dança é uma representação da nossa alegria depois de fazer um gol. Não fazemos isso para desrespeitar ninguém. Não fazemos na frente do adversário. Todos nós nos reunimos para comemorar. Se eles não gostam, não há muito o que dizer.” –  disse Lucas Paquetá.

Como dito, um dos defensores do Brasil foi a lenda que marcou época, principalmente na Copa do Mundo 1994, Alexi Lalas. O ex-zagueiro e agora comentarista da Fox Sports nos Estados Unidos, que faz parte do Hall of Fame dos Estados Unidos desde 2006, respondeu dando sua opinião quanto a insatisfação do irlandês.

“Se você é alguém que franze a testa e fica mal-humorado com jogadores de futebol dançando depois de marcar um gol, ou com jogadores brasileiros dançando depois de marcar um gol, e tem algum conceito equivocado do que é esportividade, então sinto muito por você. Tenho pena da vida que você vive sem alegria. Se você quer dançar, se você quer cantar, se você quer correr como um louco, faça o que quiser para celebrar o maior momento em nosso belo jogo (o gol).” – disse Alexi Lalas em transmissão da Fox Sports.

Tite fala sobre dancinha

Bem fez o técnico da Seleção Brasileira, Tite, que mostrou juventude em sua alma e grande poder de gestão do grupo ao comemorar com seus garotos fazendo a dancinha do pombo que leva a assinatura de Richarlison. Consciente da influência brasileira e sua também, Tite também comentou sobre o episódio.

“Tenho que ter cuidado porque sempre tem os maldosos que dizem que é um desrespeito. É uma demonstração de alegria, uma comemoração.”

Fato é que em 2010 o mundo viu diversas culturas tendo a oportunidade de apresentar seus jeitos de viver na Copa do Mundo da África do Sul. O futebol é mistura de povos. Apesar de ser cada vez mais um negócio, existe espaço para as culturas. Alexi Lalas foi como mais um da multidão, como se usasse o poder de sua voz para repercutir o que muitos pensaram ao saber dessa crítica.

Enfim, já não de hoje que acontece esses maus olhares contra culturas diversas, inclusive com a brasileira. Cabe lembrar que o próprio Vinicius Junior sofreu com casos de racismo, outro problema difícil de extinguir, além de suas danças, seja ao marcar gols ou ajudar qualquer que seja sua equipe com assistências.

 

Foto destaque: Reprodução/Quinto Quarto BR Alexi Lalas defende Brasil contra Roy KeaneAlexi Lalas defende Brasil contra Roy Keane

Sou dicente em licenciatura de Literatura Inglesa no momento. Ao fim da discência, curso superior de jornalismo, aqui vou eu! Amante de esportes – especialmente futebol – e o que eles podem proporcionar. Prazer, sou Jamis Gomes Jr. e estarei aqui no Quinto Quarto BR com vocês nas notícias das nossas queridas NBA, MLS, NFL, NHL, MLB e MMA.